Canábis medicinal para Doenças Femininas

Medizinisches Cannabis für Frauen cannabis terapeutica - Le cannabis médical pour soigner les maux des femmes medical cannabis women - cannabis medicinal mujer

Os homens e as mulheres têm hormonas diferentes. Portanto, não é de surpreender que os corpos dos homens e das mulheres não reajam da mesma forma aos canabinoides. Por outras palavras, o THC reage de maneira diferente ao estrogénio e à testosterona.

Quando uma mulher ovula, há um aumento no efeito do THC. De facto, um estudo descobriu que o THC é ainda mais eficaz no alívio da dor quando age com o estrogénio. Nestes casos, foi revelado que o THC pode ser até 30% mais eficaz na redução da dor em mulheres [1].

Existem algumas doenças que só afetam as mulheres. Um exemplo duma é a endometriose, uma maleita que afeta mais de 170 milhões de mulheres em todo o mundo. É uma doença crónica caracterizada pelo tecido endometrial crescer fora do útero e dentro da cavidade pélvica, ovários, intestino, ligamentos uterinos ou na bexiga. Por causa disto, a fertilidade da mulher fica em risco, e nalguns dos casos mais graves, o tecido endometrial pode até atingir os pulmões.

Tratar a endometriose com canábis medicinal

A endometriose é uma doença relativamente desconhecida, em que pouco se sabe sobre a sua causa ou cura. Não há muitos estudos clínicos acerca desta temática, portanto, também não há uma cura. Até agora, o foco sempre esteve no alívio da dor e no tratamento de qualquer outro problema que possa provocar.

As mulheres com endometriose sofrem frequentemente de náuseas e vómitos. Nalguns casos, as pacientes podem até chegar a desmaiar, pois a dor pode ser excruciante antes e durante a menstruação ou durante e após as relações sexuais. Nos casos mais graves, pode levar à formação de tumores.

Os canabinoides podem ser úteis no tratamento da endometriose. Como? O CBD e o THC têm propriedades anti-inflamatórias, analgésicas e imunorreguladoras. O nosso corpo tem um sistema endocanabinoide que regula a expressão da dor, o sistema imunológico e o sistema de resposta inflamatória, entre outros. O sistema endocanabinoide é composto por numerosos recetores CB1 que são ativados pelos canabinoides. É por este motivo que o CBD e o THC podem ser úteis no tratamento da dor provocado pela endometriose.

Vários outros estudos acerca de canábis medicinal e cancro indicam que as células cancerígenas têm mais recetores CB1 do que células saudáveis. É isso que permite que os canabinoides ataquem diretamente as células cancerosas sem afetar as saudáveis. Esta descoberta sugere que, no caso da endometriose, o CBD e o THC podem ajudar a reduzir o crescimento de células endometriais. Infelizmente, não existem estudos para confirmar esta possibilidade.

A canábis medicinal, a menstruação e a gravidez

Dois outros problemas nos quais os canabinoides podem ser eficazes são as menstruações dolorosas ou na gravidez.

Durante a gravidez, é comum uma mulher sofrer de náuseas e vómitos. O feto em desenvolvimento exige muita comida da mãe. No entanto, se os vómitos forem demasiado frequentes, a mulher pode desenvolver uma doença conhecida como hiperémese gravídica [2]. Esta complicação da gravidez faz com que o feto seja incapaz de receber os nutrientes e vitaminas necessários para o seu crescimento.

Este tipo de problema pode ser controlado com canabinoides, como o CBD, que tem propriedades que aliviam as náuseas e os vómitos, para além de melhorar o apetite. Em relação à gravidez, sabe-se também que vários canabinoides estão naturalmente presentes no leite materno.

Referências

[1] Washington State University. “Estrogen increases cannabis sensitivity, study shows.” ScienceDaily. ScienceDaily, 3 September 2014.

[2] Dodds, Linda et alt. Outcomes of Pregnancies Complicated by Hyperemesis Gravidarum. Obstetrics & Gynecology: February 2006 – Volume 107 – Issue 2 – p 285-292.

Gostou da publicação? Dê-nos a sua opinião!

About Mario

Graduado en Lenguas y Culturas Modernas, Después de varios años de investigación personal y de participar en conferencias sobre el mundo del cáñamo industrial, me he unido a la redacción de Kalapa Clinic, donde he recibido formación directa de los médicos especializados de la clínica; esto me ha brindado la oportunidad de convertirme en un experto en las aplicaciones terapéuticas de los cannabinoides.

Es de esta manera donde mi pasión por el debate intercultural, las ganas de eliminar los perjuicios y conociendo el potencial terapéutico de la planta, se conjugan bajo un único objetivo: explicar a la mayor cantidad personas, los beneficios de los cannabinoides y como la planta de cannabis puede mejorar la vida de muchas personas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *