A ciática é o nome que se dá a um conjunto de sintomas que surgem da dor localizada no nervo ciático. O nervo ciático é o nervo mais longo de todo o corpo, que vai desde o final da medula espinal até à parte inferior das costas, dividindo-se nas duas pernas e terminando nos pés.

Quando algo causa uma irritação neste nervo ou quando o mesmo é danificado, pode resultar numa dor enorme para essa pessoa. Há muitas coisas diferentes que podem ser a causa da dor ciática, desde osteófitos e estenose espinhal até a uma hérnia dum disco da coluna vertebral. Os sintomas incluem dor intensa, dormência, formigueiros ou fraqueza na parte inferior das costas, nádegas, pernas, joelhos e pés. Na maior parte dos casos, a dor dura 6 a 12 semanas, mas pode voltar a ocorrer diversas vezes.

CBD para tratar a ciática

Existem muitos tratamentos disponíveis para a dor ciática, incluindo analgésicos, medicação anti-inflamatória, fisioterapia, acupuntura, massagem terapêutica e, em alguns casos, cirurgia. Todos estes tratamentos têm as suas próprias vantagens, mas quando lidamos com uma dor severa, precisamos de ter cuidado com os analgésicos que tomamos e com o que período tempo em que os tomamos. Devido ao facto de a dor poder durar longos períodos e poder sempre retomar, é mais seguro utilizar um analgésico com um risco menor de dependência.

Uma alternativa possível é o canabidiol (CBD). O CBD é um dos dois compostos químicos mais abundantes encontrados na planta canábis. Este composto, juntamente com os outros, interage com o sistema endocanabinoide no nosso organismo. Este sistema está diretamente relacionado com o nosso sistema nervoso central e regula nosso humor, memória, dor, funções motoras e muito mais.

Foi descoberto em investigação que o CBD apresenta muitas propriedades analgésicas com poucos efeitos secundários negativos e considera-se que tem um risco de dependência reduzido. Também possui propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar a reduzir qualquer inflamação do nervo ciático, no caso de uma hérnia discal. Todos estes aspetos destacam o grande potencial do CBD no tratamento da ciática e do dano no nervo ciático.

Referências

Russo, E. (2008). Cannabinoids in the management of difficult to treat pain. Therapeutics and Clinical Risk Management, [online] Volume 4, pp.245-259.

Iffland, K. and Grotenhermen, F. (2017). An Update on Safety and Side Effects of Cannabidiol: A Review of Clinical Data and Relevant Animal Studies. Cannabis and Cannabinoid Research, [online] 2(1), pp.139-154.

Nagarkatti, P., Pandey, R., Rieder, S., Hegde, V. and Nagarkatti, M. (2009). Cannabinoids as novel anti-inflammatory drugs. Future Medicinal Chemistry, [online] 1(7).

Gostou da publicação? Dê-nos a sua opinião!