Canabinóides e Síndrome de Abstinência

Quando uma pessoa para de usar uma substância viciante à qual o corpo se acostumou, passa por uma série de reações físicas e psicológicas. O corpo é alterado devido à falta de consumo e entra em uma fase de dependência da substância, causando desconforto grave para a pessoa.

A síndrome da abstinência pode ocorrer não apenas devido a drogas, mas também de substâncias como tabaco, álcool, café etc.

Tratamiento abstinencia con cannabis medicinal | Kalapa Clinic

Efeitos dos canabinóides

  • Efeitos do vício em benzodiazepínicos
  • Efeito em opióides
  • Efeito na Dependência de Álcool
  • Diminuição da ansiedade
  • Diminuição do stress

Sumário

Para pessoas que apresentam sintomas de abstinência, os canabinóides podem ajudar a reduzir a ansiedade e o estresse gerados após uma ingestão inadequada de produtos viciantes. Ajuda no caso de dependência de benzodiazepínicos, opiáceos e álcool.

Tipos de canabinóides que interagem com a ressaca

Vários casos documentados mostraram que o uso de canabinóides pode ser uma maneira eficaz de combater os sintomas de abstinência que ocorrem em pessoas viciadas em benzodiazepínicos, opiáceos e álcool. Especificamente, os canabinóides são usados para reduzir os sintomas físicos para gerir melhor o stress e o sofrimento decorrentes da superação de um vício.

Alguns recetores canabinóides (CB1, CB2, TRPV, etc.) e mecanismos bioquímicos que geram canabinóides estão presentes em áreas do cérebro que controlam o comportamento emocional, humor, sono, stress, irritabilidade, etc. Vários ensaios com ratos e outros animais demonstraram claramente que a ativação dos recetores canabinóides no cérebro ajuda a reduzir a ansiedade e o pânico associados, além da ressaca, controlando a frequência cardíaca e diminuindo a pressão sanguínea.

Outros artigos sobre canabinóides e diferentes condições